Imagine um mundo onde quando você deseja saber como está a construção/reforma da sua casa; escritório; empresa, um mundo onde você possui uma cobertura única dos seus eventos, um mundo onde a publicidade vem dos ares, um mundo onde as pessoas perguntam “É um pássaro? Um avião?” e a resposta é “Não. É o Super Drone”. Tudo bem, ainda não podemos dizer que exista um Super Drone, mas o mundo que foi descrito já é uma realidade. Essa semana foi noticiado um caso de empreendedorismo usando drones, aqui no Brasil, muito interessante. Uma empresa que faz tudo que falamos neste parágrafo, e muito mais, chamada Dymm.

DymmDymm

A Dymm é uma empresa que, fundada por três amigos e usando os veículos aéreos não tripulados, faz captura de imagens aéreas. A ideia do negócio, conta Yuri Martins, surgiu quando um dos seus sócios começou a fazer imagens, tanto vídeo quanto fotos, de algumas obras que estavam sendo construídas, este seu sócio também possui parte em uma empresa de engenharia civil. E foi quando Yuri, formado em desenho industrial e com pós-graduação em Gestão de Negócios no Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec/RJ), notou que utilizar drones no setor da construção civil poderia ser muito útil, com usos desde o acompanhamento da construção/reforma da obra até a divulgação do empreendimento. E é neste ponto que entra os serviços da Dymm resolvendo o problema, que muitas vezes acontece, de você comprar um imóvel na planta e apenas receber uma previsão de conclusão da obra, sem a possibilidade de saber e acompanhar em que pé a obra está.

Depois do surgimento da ideia, e de perceberem que era algo viável, os três amigos tomaram iniciativa para comprar um drone, para terem um primeiro contato e também possuírem em mãos a principal ferramenta de trabalho da Dymm. O modelo escolhido foi o DJI Phantom 2 Vision+, pois ele conta com uma câmera de 14mp e até 1080p (full hd); conta com autonomia de voo de até 25 minutos e um alcance de 300 metros na horizontal e até 200 metros na vertical, modelo utilizado por eles até hoje.

Dymm - DJI Phantom 2 Vision+Dymm - DJI Phantom 2 Vision+

Yuri explica que a utilização de um drone no serviço possui diversas vantagens, como por exemplo, ser mais barato que um helicóptero, além de conseguir alcançar pontos na obra que seriam difíceis, e até impossíveis, com um veículo do porte de um helicóptero. E com a câmera que o DJI Phantom 2 Vision+ possui, podemos imaginar a qualidade das imagens fornecidas pela Dymm. Isso sem falar na graciosidade e beleza que é ver um drone voando, lembro que esta semana estava em um evento na minha cidade e em determinado momento surgiram dois drones voando para fazer a cobertura, todos os olhos se viraram para os ares, e cheguei a ver até algumas pessoas tirando fotos dos drones no céu.

A Dymm ainda é uma empresa de pequeno porte, e por isso tem como responsabilidade dos seus sócios gerenciar e efetuar todas as tarefas, mas eles já chegaram a efetuar alguns trabalho para grandes empresas, como por exemplo a Rede Globo de Televisão, e já foram destaque na coluna do Ancelmo Gois no OGlobo.

Abaixo segue um vídeo feito pela Dymm, que inclusive foi o utilizado pela Rede Globo na sua matéria sobre a inauguração da ciclovia Niemeyer.

Entre os planos da empresa estão melhorar a qualidade dos serviços, além de conseguir diversificar para atingir mais negócios. É fácil reconhecer que é um mercado promissor, e que a Dymm tem a tendência a crescer e atingir os ares. (E na verdade, eles já atingiram).