Eis uma notícia que todos sempre temeram, o primeiro grande e grave caso de invasão de privacidade utilizando drones. Alguns banhistas, adeptos ao nudismo, relataram que havia um veículo aéreo não tripulado voando nas proximidades da praia onde se encontravam, eles, os visitantes da praia naturalista, receiam que tenham sido feitas imagens delas, e essas venham a se tornar públicas.

Invasão de Privacidade em praia de nudismo, via droneInvasão de Privacidade em praia de nudismo, via drone

O caso de invasão de privacidade, em questão, ocorreu na Inglaterra, em uma praia de nudismo de _Studland_, vilarejo famoso por suas praias e reservas naturais. E as autoridades locais já afirmaram que estão investigando o caso, e iniciaram a tomar medidas para evitar que isso venha a se repetir, e completaram dizendo que estão recrutando e destinando rondas para o local.

Segundo um membro do grupo Studland United Nudist, em entrevista ao Daily Mail, várias pessoas. adeptas ao naturalismo, notaram o drone voando pela área reservada à praia nudista, entre as pessoas presentes estavam famílias, e essas estão preocupadas com esta invasão de privacidade e com o possível vazamento destas imagens, que possam ter sido feitas com o drone. Ele voou toda a costa de Studland, e os nudistas querem saber quem estava controlado o drone, pois não foi possível identificar o dono, até mesmo como uma forma de garantir que não haverá vazamento de imagens de tal ato de invasão de privacidade.

A National Trust, detentora da praia, declarou que está apreensiva com tal caso, e com a possibilidade de haverem imagens, e eles virem a se tornar públicas. Também informaram que não havia nenhum consentimento para um drone voar naquela região, o que não é aceitável pois nenhum veículo aéreo pode voar na região sem uma autorização da companhia.

A praia na qual ocorreu a invasão de privacidade, em Studland, é visitada justamente pela privacidade que oferece. Há diversas dunas e o oceano isolando o local, além de diversas placas informativas para alertar as pessoas que aquela é uma praia exclusiva aos naturalistas.