Após a selfie do Oscar, tirada pelo ator Bradley Cooper com um Samsung Galaxy Note 3, tornar o ato de tirar uma autofotografia um sucesso, diversas empresas começaram a descobrir como poderiam faturar com tal. E quem sabe, até passar o valor estimado da fotografia tirada em um dos eventos mais mediáticos do mundo, que segundo a empresa Publicis vale cerca de 2 bilhões de reais.

E qual a relação disso com os drones? Toda. Esta poderia ser uma nova postagem sobre o Lily, o drone perfeito para registrar momentos radicais, mas na verdade é sobre um novo produto anunciado pela Samsung, que foi batizado de Project Selfie Camera Drone (projeto de drone-câmera para selfies, em uma tradução literal para o português). Talvez a Samsung pretenda por meio deste seu novo projeto marcar mais algum evento, ou até mesmo lançar uma nova mania, como foi o resultado da participação do Samsung Galaxy Note 3 no evento, em 2014, de gala do Oscar.

Samsung anuncia entrada no mercado de dronesSamsung anuncia entrada no mercado de drones

Dada a forma como as coisas estão conectadas, hoje em dia, e com o potencial que a Samsung vem empregando nos seus smartphones e smartwatchs, podemos começar a fantasiar, e tentar prever, o que será este novo produto da empresa. Facilmente podemos imaginar um drone que como o Parrot Ar Drone, é controlado pelo celular, ou quem sabe podemos esperar um pouco mais e ver os relógios inteligentes tendo seu papel no novo lançamento. A Samsung vem surpreendendo com o potencial das câmeras dos seus smartphones, imagine quantos megapixels possuirá um projeto que foi desenvolvido exclusivamente às selfies. Enquanto não há muitas informações, resta imaginar o que será Project Selfie Camera Drone.

Desde fevereiro, mesmo que sem muita atenção do público, a Samsung já havia anunciado que havia formado um grupo para dar atenção a novos projetos, algo como o _Google X_, projetos inovadores e mais, digamos, secretos. Mas havia sido comentado de antemão que este grupo teria como alguns pilares a impressão 3D e os veículos com a capacidade de serem autônomos, além de alguns indícios de investimento em tecnologias para hologramas, ou algo do gênero relacionado à telepresença. Considerou-se na internet que o presidente da empresa poderia apresentar o novo modelo da linha Galaxy, o S8, em 2016 sem nem mesmo estar presente fisicamente no evento, mas “tecnologicamente” ele estaria lá.

Ainda não há informações sobre o projeto da Samsung, além do nome que foi divulgado. Mas fica no ar, para pensar, o que podemos esperar com a entrada destas grandes empresas da tecnologia no mundo dos drones? Lembrando que a Sony já anunciou que também fará investimentos nesta área. Será que em algum momento, além da competição entre seus celulares, haverá competição entre seus drones? E o que será o Project Selfie Camera Drone?